Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CLÁSSICO QUENTE

Palmeiras bate
o São Paulo e
mantém 100%

2 FEV 14 - 18h:09g1

Em clássico tenso no Pacaembu neste domingo, o Palmeiras aproveitou a bola parada e venceu o São Paulo por 2 a 0, mantendo os 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista. Valdivia, de cabeça após cobrança de falta, e Alan Kardec, de pênalti, fizeram os gols do triunfo alviverde.

O jogo foi marcado por discussões dos dois lados. Alguns dos atletas mais "esquentados" foram os são-paulinos Luís Fabiano, que bateu boca com Wesley e Lúcio, e Álvaro Pereira, que se desentendeu com Wesley e Alan Kardec. Porém, nenhuma confusão generalizada ou briga mais feia manchou o clássico.

A vitória levou o Palmeiras a cinco vitórias em cinco jogos, garantindo a liderança do Grupo D com 15 pontos. Já o São Paulo, que conheceu sua segunda derrota no Campeonato Paulista, parou nos nove pontos, mas ainda mantém a ponta do Grupo A.

O clássico começou muito movimentado, com as duas equipes marcando forte e obrigando chutões dos dois lados. A primeira grande chance foi palmeirense: após boa tabela no ataque, Valdivia enfiou ótimo passe para Leandro, que invadiu a área e bateu de esquerda, mas parou em defesa de Rogério Ceni. O São Paulo respondeu com Luís Fabiano, que recebeu de Maicon e chutou na rede pelo lado de fora.

Melhor no jogo, o Palmeiras saiu na frente aos 22min pela bola parada. Mazinho ergueu na área em cobrança de falta e Valdivia apareceu sozinho para desviar de cabeça. Na comemoração, o chileno vibrou muito e passou várias vezes na frente de Rogério Ceni.

O Palmeiras recuou bastante após o gol, deixando Valdivia como o único jogador mais à frente - até os atacantes Leandro e Alan Kardec voltavam até a intermediária defensiva para acompanhar os laterais do São Paulo. Ainda assim, o time alviverde teve a melhor chance do fim do primeiro tempo, em um chute de longe de Mazinho que Rogério Ceni espalmou.

O jogo ficou mais quente no segundo tempo, com discussões entre os jogadores e catimba dos dois lados, mas o panorama da partida seguiu o mesmo: Palmeiras recuado, São Paulo sem criatividade para finalizar. Muricy Ramalho tentou mudar com as entradas de Jadson e Ewandro nos lugares de Osvaldo e Ganso, mas o time tricolor não mostrou reação.

A situação do São Paulo ficou ainda pior aos 34min, quando Alan Kardec fintou Rodrigo Caio na área e foi derrubado pelo zagueiro são-paulino: pênalti. O próprio Kardec foi para a cobrança e bateu forte no canto de Rogéio para ampliar a vantagem para 2 a 0, e a equipe do Morumbi não teve mais chances de buscar o empate.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Estado criou 917 vagas em setembro, aponta Caged
EMPREGOS

Estado criou 917 vagas em setembro, aponta Caged

BR-262 deve receber reformas com investimento de R$ 22 milhões
EMENDAS

BR-262 deve receber reformas com investimento de R$ 22 milhões

Sucesso no Youtube, Nathalia Arcuri comanda "reality show" financeiro na tevê
TELEVISÃO

Sucesso no Youtube, Nathalia Arcuri comanda "reality show" financeiro na tevê

Filho de homem que roubou dinheiro de campanha morre em BH
JOÃO MIGUEL

Filho de homem que roubou dinheiro de campanha morre em BH

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião