Segunda, 11 de Dezembro de 2017

Palmeiras aciona Luis Felipe na Justiça e tira lateral da concentração

13 JAN 2014Por foxsports14h:15

Palmeiras e Luis Felipe não conseguiram chegar a um acordo com relação à renovação do jogador, mas o caso envolvendo as duas partes parece estar longe de um fim. Insatisfeito com a postura adotada pelo lateral revelado na base alviverde, o clube do Palestra Itália acionou o atleta na Justiça, através do Tribunal Regional do Trabalho.

Diante da posição do Palmeiras, o jogador já procurou um advogado para representá-lo na ação. Luiz Felipe Santoro, jurista também do Corinthians, confirmou que seu escritório foi procurado. Desta forma, Rui Almeida, um de seus sócios, será o responsável por defender o lateral alviverde.

O reflexo deste impasse envolvendo clube e jogador já pôde ser visto na pré-temporada que está sendo realizada em Itu, no interior de São Paulo. Neste domingo, a assessoria do Palmeiras confirmou que Luis Felipe foi afastado da concentração e não participa mais das atividades do elenco comandado por Gilson Kleina, retornando à Academia de Futebol, na capital.

Após um bom desempenho na Série B do Campeonato Brasileiro, Luis Felipe foi procurado para renovar o seu contrato até o final de 2014. Um erro de digitação, no entanto, fez com que o vínculo ficasse firmado apenas até dezembro de 2013. O erro foi publicamente admitido pelo Palmeiras, mas Luis Felipe não quis consertar a documentação de acordo com o que já estava estabelecido.

A situação ficou ainda pior quando o lateral, com uma proposta do Benfica, de Portugal, pediu uma valorização de seu salário, o que deixou o presidente Paulo Nobre bastante irritado. Antes mesmo da ação judicial, porém, o diretor José Carlos Brunoro já afirmou que Luis Felipe não será usado por Gilson Kleina no ano do centenário.

Leia Também