Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

APARECIDA DO TABOADO

Palhaço é preso acusado de estelionato e falsidade ideológica

13 JUL 12 - 17h:00Jornal do Bolsão

Emerson José Boldi foi preso ontem (12) acusado de estelionato e falsidade ideológica. Ele se apresentou em Aparecida do Taboado no mês passado durante a 10ª edição do Leilão Direito de Viver como o Palhaço Pirulito, integrante do grupo Doutores da Alegria e representante do Hospital de Câncer de Barretos.

Conforme o registro policial, ele enganou uma representante do Rotary Club local e chegou ir a Brasília onde se identificou como rotariano, tendo protocolado ofícios nos gabinetes dos deputados federais solicitando a designação de médicos oftalmologista para o município, usando fraudulentamente o nome do Rotary Club de Aparecida do Taboado.

Emerson também ludibriou um comerciante da cidade que, sensibilizado com o ‘trabalho prestado pelo palhaço [falso]’ , pagou a diária de um hotel, no valor de R$ 120,00.

A farsa foi descoberta por um integrante do Rotary Club que pesquisou informações sobre Emerson, constatou a farsa  e o denunciou à Polícia. 

A Polícia apurou que Emerson registra antecedentes criminais no Mato Grosso. 

O Grupo Doutores da Alegria, que se apresenta em hospitais pelo País, informou que Emerson José Boldi não faz parte do grupo e representantes do Rotary Club de Barretos (SP) informaram, por telefone, que ele também não é rotariano.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos, diz Planalto
FRANQUIA

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos, diz Planalto

Especialistas debatem sanidade na produção de suínos
SUINOCULTURA MS

Sanidade é tema de evento sobre produção de suínos

Drogas e bebidas matam três indígenas por semana
EM DOURADOS

Drogas e bebidas matam três indígenas por semana

Hackers devem ser presos, diz ministro do STF sobre invasão de celular
MENSAGENS VAZADAS

Hackers devem ser presos, diz ministro do STF sobre invasão de celular

Mais Lidas