Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 12 de novembro de 2018

País investirá R$ 500 milhões para estimular a produção de software

4 SET 2012Por ig07h:00

A presidente Dilma Rousseff disse na manhã desta segunda-feira (3), durante seu programa de rádio “Café com a presidenta” que o governo investirá R$ 500 milhões no Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação, o TI Maior, para estimular a produção de software no país.

Segundo Dilma, o programa tem objetivo de fortalecer e ampliar a indústria de tecnologia da informação.

“Com o TI Maior, vamos investir R$ 500 milhões para estimular o desenvolvimento e a produção de software no Brasil. O software está em todo o lugar: no computador, no celular, no carro, nos caixas eletrônicos ou até em uma sonda que tira petróleo lá do fundo do mar. Temos, no Brasil, quase 9 mil empresas que desenvolvem softwares, e nós queremos ampliar esse número. Por isso vamos investir nas pequenas empresas de tecnologia, que geram muitos empregos, principalmente contando com jovens que têm uma imensa capacidade de criar”, disse.

De acordo com a presidente, “uma das medidas é que nós vamos oferecer cursos para 50 mil trabalhadores do setor de tecnologia da informação”.

Dilma não tem dúvida de que o programa vai permitir um salto do setor no país. “Por isso, lançamos várias medidas dentro do programa Brasil Maior – nosso programa de política industrial – para fortalecer e ampliar a indústria de tecnologia da informação no país. Uma das ações é a redução do valor que as empresas de softwares e de tecnologia da informação pagam à Previdência. Isso é o que chamamos de desoneração da folha de pagamento, e ela é importante porque reduz o custo do trabalho e aumenta a competitividade das empresas. Também reduzimos os impostos para as empresas que queiram produzir semicondutores e tablets”.

Olimpíada da Matemática
Antes de comentar sobre o TI Maio, Dilma falou sobre a Olimpíada da Matemática, que mobilizou 18 milhões de estudantes de 44 mil escolas públicas no ano passado.

“Fui ao Rio prestigiar a premiação dos 500 estudantes, que do sexto ao nono ano do Ensino Fundamental e dos três anos do Ensino Médio, foram receber suas medalhas. Foi uma festa muito bonita, cheia de histórias de superação de jovens, batalhadores e determinados. A Olimpíada da Matemática vem sendo realizada no Brasil há oito anos, e a cada ano aumenta o número de estudantes que querem concorrer. É importante porque estimula o aprendizado da matemática, matéria fundamental para o raciocínio lógico, necessária para que a gente faça ciência e desempenhe bem qualquer função no trabalho e na própria vida. Com esse estímulo, o aluno melhora a capacidade de pensar e de entender problemas e enfrentá-los”.

Para Dilma, a matemática é importante para a produção científica. “É o primeiro passo para o desenvolvimento científico e para a inovação tecnológica. É a base de todas as ciências e é fundamental para o aprendizado das engenharias, da física, da tecnologia da informação, da ciência dos computadores. A matemática ajuda a despertar o interesse dos nossos jovens pela ciência e pelo conhecimento”.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também