Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

cartões de crédito

Pagamento mínimo pode subir para 35%

8 DEZ 2010Por Célia Froufe (AE) 01h:00

A subcomissão especial da Câmara destinada a propor medidas para regulamentar as atividades das empresas de cartões de crédito aprovou o relatório do deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG). No documento, ele defendeu, por exemplo, que a criação de um porcentual de pagamento mínimo da fatura de cartão de crédito determinada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no final do mês passado é insuficiente para evitar o aumento da inadimplência dos consumidores. A proposta do relatório é que o Banco Central - um dos três componentes do CMN ao lado dos ministérios da Fazenda e do Planejamento - suba para 35% o pagamento mínimo da fatura de cartão de crédito. Pelo CMN, o limite será de 15% a partir de junho do próximo ano e de 20% a partir de dezembro.

Quintão disse também que pretende colocar em consulta pública uma votação sobre se as empresas de cartão de crédito deveriam ou não ser enquadradas como instituições financeiras.

Leia Também