Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Pagamento de salário a pistoleiro surpreende governador

29 JUN 08 - 21h:58
     

        Da redação

Quatro anos depois é que o Governo do Estado ? que anunciou que não vai pagar 15 dias aos professores da educação especial porque "a lei não permite" ? tomará providências para apurar por que estava mantendo o salário de um servidor acusado de assassinatos e foragido da Justiça. O governador André Puccinelli (PMDB) alegou que não sabia que o pistoleiro Alberto Aparecido Roberto Nogueira, o Betão, constava na folha salarial do Estado, como agente de apoio da Secretaria de Estado de Fazenda, mesmo estando foragido e com prisão preventiva decretada por homicídio em São Paulo. Ontem, ele disse nesta segunda-feira ou na terça-feira deverá pronunciar-se a respeito.

"Tem que ver se ele era funcionário efetivo ou comissionado. Eu não estava sabendo", disse, logo após ler o jornal ao término da convenção do PMDB em Campo Grande.

Betão está desde sábado recolhido no presídio federal de Campo Grande. Ele foi preso na última sexta-feira, na cidade fronteiriça com Ponta Porã, Pedro Juan Caballero, no Paraguai, com grande arsenal. O pistoleiro é acusado pela polícia paraguaia de ser um dos "soldados" do narcotraficante Fernandinho Beira-Mar e de ter cometido aproximadamente 30 homicídios no Brasil. Quando de sua prisão, Betão estava acompanhado pelo agente civil Vlademirson Daniel Olmedo e o militar Wilson Figueiredo. O trio estava com um arsenal na residência, como fuzis da marca Rugger 762 e 556, com dois carregadores, uma pistola Jericó, uma pistola Smith Wesson com silenciador calibre 22 mm largo, rifles de calibres 44, 22 e 75, entre outros.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

MANCHAS DE ÓLEO

Ministério da Agricultura diz que peixes do Nordeste podem ser consumidos

PROGRAMA VERDE AMARELO

Excluído da MP da Liberdade Econômica, trabalho aos domingos volta

CONDENADOS EM SEGUNDA INSTÂNCIA

Juíza manda tirar tornozeleiras de Delúbio e Vaccari na Lava Jato

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião