Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Roma

Padre italiano é condenado a 15 anos de prisão por pedofilia

4 MAR 2011Por AFP04h:39

O italiano Ruggero Conti, pároco até 2008 da igreja da Natividade de Selva Candida, em Roma, foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão por pedofilia, informa a imprensa local nesta quinta-feira.

O religioso, de 57 anos, foi condenado pelo tribunal penal de Roma por ter abusado, entre 1998 e 2008, de sete crianças que participavam de cursos de verão organizados pela paróquia.

Conti foi detido em 30 de junho de 2008 sob a acusação de atos sexuais com menores, violência sexual e indução à prostituição.

Leia Também