Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Padre é morto após se recusar a locar salão

22 MAI 10 - 14h:30
     

        Da redação

        O padre Rubens Almeida Gonçalves, 35 anos, da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Campos Belos de Goiás (GO), a 601 km de Goiânia, foi morto com um tiro na cabeça na manhã desta sexta-feira, dentro do salão paroquial. O empresário Fagner dos Santos Lopes, 27 anos, foi preso horas depois em uma mata na cidade, acusado de ser o autor do disparo.

        Segundo o delegado André Fernandes de Almeida, o padre foi morto por ter se negado a alugar o salão do auditório do Colégio Dom Allano, que pertence à paróquia, para o empresário poder instalar ali sua academia de musculação. Fagner já tinha uma em Campos Belos, mas queria expandi-la. "Eles chegaram a acertar o valor do aluguel ontem, mas hoje o padre parece que procurou ele para dizer que não tinha como alugar e combinou de se encontrarem no salão", disse o delegado.

        O empresário já teria chegado armado ao local, com uma Bereta calibre 22, segundo a polícia. "Quando ele percebeu que o padre ia voltar atrás, se exaltou e sacou a arma, atirando no padre. Depois fugiu", disse Almeida.

        O padre foi resgatado pelos bombeiros e foi levado para o jatinho usado pelo senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que visitava a cidade. Mas morreu a caminho do Hospital de Base do Distrito Federal.

        Rubens é natural de Goiânia, mas ingressou no seminário e nos estudos de teologia em Tocantins e Minas Gerais. Ele estava em Campos Belos desde janeiro.

        De acordo com o delegado, sua morte causou comoção na cidade, e populares cercaram a delegacia para linchar Fagner. "Ele quase foi linchado e os moradores causaram alguns danos na delegacia, por isso resolvemos trazer o suspeito para Posse", disse Almeida. Posse fica próximo a Campos Belos.

        Fagner será indiciado por homicídio duplamente qualificado, segundo o delegado, e deve permanecer preso em Posse. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro do padre.(do Terra)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

POLÊMICA

'Adoção na Passarela' remete às feiras de escravos, dizem juízes

Calazans faz primeiro treino no São Paulo e Arboleda trabalha com o elenco
REFORÇO

Calazans faz primeiro treino no São Paulo

HABEAS CORPUS

STM solta nove envolvidos em caso de músico morto no Rio de Janeiro

OTIMISTA

Guedes diz que reforma da Previdência deve ser aprovada em até 90 dias

Mais Lidas