Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MUNDO

Oposição argentina pede cuidado com a democracia após bloqueio do 'Clarín'

3 ABR 11 - 05h:38FOLHA ONLINE

 

A oposição pediu cuidado com a democracia em um documento que critica o governo de Cristina Kirchner pela inércia durante um bloqueio que impediu a circulação do jornal Clarín no domingo passado, sete meses antes das eleições gerais.

"A democracia deve ser cuidada e protegida de ações de intolerância, de perseguições, de marcações, denúncias públicas ou qualquer tentativa de uso dos recursos do Estado", afirma a declaração assinada pelos principais candidatos à presidência da oposição.

O documento pede a "união de forças em um único eixo: não aceitar em silêncio a perseguição, o uso indiscriminado do poder", mas sem especificar as denúncias.

Um dos signatários do documento é o ex-presidente Eduardo Duhalde (2001-2003).

Um protesto de sindicalistas aliado do governo impediu no domingo passado a distribuição da maior parte dos 600 mil exemplares do Clarín e, por algumas horas do "La Nación", os dois maiores em vendas e críticos do governo.

O conflito aprofunda a disputa entre o governo de Cristina Kirchner e o Clarín, que na segunda-feira publicou uma capa em branco em forma de protesto.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bairro Guanandi recebe mutirão contra dengue neste fim de semana
EPIDEMIA

Guanandi terá mutirão contra dengue no fim de semana

Universidade ajuda contribuintes na declaração do IR
ECONOMIA

Universidade ajuda na declaração do IR 2019

Pai é condenado a 5 anos de prisão por matar filho a pauladas
RECURSO

Pai é condenado a 5 anos por matar filho a pauladas

Prefeitura gasta em média <br>R$ 3 milhões com tapa-buraco
CAMPO GRANDE

Prefeitura gasta em média
R$ 3 milhões com tapa-buraco

Mais Lidas