Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

CORUMBÁ

Operação pretende combater crimes e fiscalizar comércio de explosivos

6 AGO 2012Por DIÁRIO ONLINE17h:00

O Exército Brasileiro deflagrou hoje (06), a Operação Ágata 5, fiscalizando cerca de 3.900 km de fronteira do país, alcançando as fronteiras Sul e Oeste, de Chuí (RS) até Corumbá (MS).

Em Corumbá, cerca de 500 militares estão participando da ação, que conta também com parceria da Marinha, Força Aérea e de órgãos de segurança estaduais e federais; ambientais e de fiscalização. A operação, que é realizada pelo Ministério da Defesa, através do Plano Estratégico de Fronteiras, visa reduzir a incidência dos crimes transfronteiriços e ambientais e as ações do crime organizado, além de intensificar a presença do Estado Brasileiro na faixa de fronteira e incrementar o apoio à população local.

Sem data para ser encerrada, dentre as principais ações da Operação Ágata destacam-se a repressão ao narcotráfico, ao tráfico de armas, ao contrabando de produtos eletrônicos e cigarros além da repressão aos crimes ambientais. Pontos estratégicos de fiscalização foram montados na fronteira com a Bolívia, na BR-262. A Marinha é responsável pela fiscalização fluvial.

Paralelamente a Ágata 5, está ocorrendo também no Mato Grosso do Sul, nas cidades de Corumbá e Dourados, a Operação Pedreira II, que tem como objetivo fiscalizar o comércio de explosivos e outros materiais que são vendidos à comunidade civil e que podem ser vítimas de furto ou desvio, para utilização de práticas criminais.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também