Segunda, 23 de Abril de 2018

Operação Diamante Negro: 65 pessoas serão indiciadas pela Federal

20 MAI 2008Por 17h:18
     

                 

                A Polícia Federal deverá indiciar 65 pessoas envolvidas na Operação Diamante Negro por corrupção passiva e ativa, formação de quadrilha, falsificação de documentos e destruição de áreas de preservação ambiental. Deste total, 34 tiveram a prisão decretada pela Justiça Federal em Três Lagoas. Segundo o superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, Luiz Adalberto Philippsen, 24 já foram presos, sendo 19 em MS. Entre os acusados da exploração ilegal de carvão, estão 13 policiais rodoviários federais, um funcionário do Ibama, uma funcionária da Agência Fazendária em Paranaíba e um servidor do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) em Campo Grande.

Leia Também