Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

FIM DE ANO

Operação da PM reduziu em 32,3% roubos e furtos em Campo Grande

8 JAN 2011Por DA REDAÇÃO16h:32

O saldo da Operação Fim de Ano na Capital foi positivo. Entre os dias 1º de dezembro e 2 de janeiro houve redução de 32,3% no número de roubos e furtos na área central, em comparação com o mesmo período de 2009. O sucesso é resultado da parceria entre a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e os comerciantes de Campo Grande. São três anos de contínua redução na criminalidade.

Nos furtos, a queda no volume de ocorrências foi de 32,3%, com 62 casos a menos: 192 em 2.009 contra 130 em 2010. Os índices mais expressivos de diminuição foram registrados nos furtos em ônibus coletivos e em pontos de ônibus com 66,6% e em residência com 63,1%. Nos dois primeiros casos, os bons resultados se devem ao trabalho diário de abordagens em coletivos e pontos de parada, o que tem inibido a ação dos criminosos.

Nas casas, um dos fatores para a queda nas ocorrências foi o patrulhamento ostensivo preventivo que se somou ao específico para o comércio, deixando os moradores da área central mais protegidos. “Com a Operação Fim de Ano, reforçamos a segurança da área central. Incrementamos o policiamento que é feito rotineiramente. Com o esquema especial organizado para que os consumidores e comerciantes tivessem tranquilidade no fim de ano, aumentamos também a segurança da comunidade de um modo geral, inclusive a dos moradores do centro da cidade. Também é preciso dizer que a população também tem colaborado, seguindo as dicas da PM com ações preventivas que impedem ou dificultam a ação dos bandidos”, disse o comandante da PM de MS, coronel Davi.

Redução também no número de roubos. Foram 10,6% menos ocorrências: 47 contra 42. A maior queda, 80%, foi nos assaltos a comércios. “Tivermos êxito porque trabalhamos juntos: PM, comércio e comunidade. Unindo o conhecimento técnico dos policiais militares com as reivindicações de consumidores e empresários conseguimos fazer um plano compatível com as necessidades do público e que vem sendo aprimorado a cada ano”, justificou o coronel David.

A queda no número de ocorrências não ficou restrita à área central. Comparando dezembro de 2.009 com o último mês do ano passado foram registradas 1.069 a menos: 9.166 contra 10.235. Redução de 10,4%. Nos furtos a diminuição foi de 9,5% de 525 para 475 e nos roubos de 18,4%, de 407 para 332.

Leia Também