Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

deodápolis

Operação Curupira descobre esquema de 'mensalinho' na Câmara

3 AGO 12 - 19h:00DA REDAÇÃO

O vereador Valdecir Trevisan foi detido na tarde de hoje (03) por porte ilegal de arma. A prisão aconteceu após ser deflagrada a Operação Curupira na Câmara Municipal de Deodápolis e realizada busca e apreensão em duas residências em Glória de Dourados.

Segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), após ouvir o Presidente da Câmara Municipal de Deodápolis, Expedito Ponciano, o contador Osvaldo Ursolino da Rosa e a prestadora de serviço Letícia Ramalheiro, foi constatado que existia um esquema de “mensalinho”, ou seja, um pagamento feito aos vereadores através das diárias de viagens que não eram realizadas. Só em 2012 foi descoberto um montante de R$ 36 mil de diárias pagas aos legisladores.

Ainda de acordo com o Gaeco os documentos apreendidos referentes aos anos de 2010 e 2011 serão analisados.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Ministério da Agricultura divulga registro de 42 agrotóxicos

BRASIL

Dallagnol quis manter planilha da Odebrecht em sigilo, afirma site

Anac suspende concessão da Avianca Brasil e redistribui seus pousos
Celeuma

Anac suspende concessão da Avianca Brasil e redistribui seus pousos

BRASIL

MP de diz perplexo com devolução de demarcação de terras indígenas à Agricultura

Mais Lidas