Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Operação contra lavagem de dinheiro apreendeu 9 veículos

18 DEZ 2010Por NADYENKA CASTRO05h:05

Nove veículos foram apreendidos na Operação Lavanderia, realizada anteontem pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e que prendeu 15 pessoas em Campo Grande, Dourados e Ponta Porã, pelo crime de lavagem de dinheiro. Duas ainda estão foragidas. Também foi apreendido dinheiro, computadores e lâminas de cheque. O Ministério Público Estadual (MPE) chegou a marcar entrevista coletiva para detalhar a ação, mas cancelou de última hora e apenas encaminhou uma nota oficial à imprensa.

Na Capital foram presas oito pessoas, entre elas o comerciante Marcos Ricalde e o gerente de uma agência do Banco Itaú, Nelson Marçal Ferreira. Foram apreendidos seis computadores, três notebooks, dois celulares, uma Honda Biz e quatro automóveis, duas caminhonetes Ford Ranger, um Siena e um Vectra. Também foram recolhidos com os presos na Capital 149 lâminas de cheques.

Em Dourados os policiais prenderam Mário Brandão Garcia, Carlos Julyano Araújo e Maristela Benites Peres, e apreenderam quase R$ 260 mil em espécie, 115 lâminas de cheque, um Fiat Uno e uma Honda Biz. Em Ponta Porã os integrantes da operação recolheram R$ 4.390, um Golf Sportline e um Vectra, ambos 2009/2010.

O bando
A quadrilha começou a ser investigada em fevereiro deste ano. De acordo com o Gaeco, o grupo lavava dinheiro do tráfico de drogas em empresas de fachada. Também abria contas em bancos.

Um dos presos, Marcos Ricalde, é sócio em uma loja de móveis planejados onde diversos computadores foram apreendidos. (NC)

Leia Também