Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Operação Águas Limpas desarticula grupo de extermínio

Operação Águas Limpas desarticula grupo de extermínio
27/08/2010 10:15 -


     A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado da Paraíba, com o apoio da Polícia Federal, deflagrou na manhã de hoje (27) a operação Águas Limpas, que tem como objetivo desarticular uma organização criminosa acusada da prática de extermínio, tráfico de armas, entre outros crimes.

As investigações surgiram em janeiro de 2010 para apurar a existência de um grupo de extermínio que atuava no Estado da Paraíba. A partir desse momento, as forças estaduais e a Polícia Federal passaram a atuar em conjunto para investigar a conduta do grupo, que além de extermínio também traficava armas e outros crimes conexos.

Foram mobilizados 222 policiais federais, militares e civis que cumprirão 19 mandados de prisão e 38 mandados de busca e apreensão nas cidades paraibanas de João Pessoa, Bayeux e Santa Rita, e no Distrito Federal. Nove mandados de prisão foram expedidos em desfavor de policiais militares.

A denominação Águas Limpas para a operação está relacionada a uma das acepções do nome Paraíba, significando águas revoltas, turvas, tendo as instituições envolvidas na investigação o intuito de combater a criminalidade, depurando, inclusive, as próprias corporações responsáveis em combater a violência.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.