Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 13h31min

Operação aborda 698 pessoas e prende 45

13 ABR 10 - 21h:00
Vânya santos

Em cinco dias de operação contra “feira livre” do tráfico de drogas, policiais militares prenderam 45 pessoas, abordaram 698 suspeitos, vistoriaram 92 veículos e 35 estabelecimentos comerciais. A fiscalização foi intensificada no período de 7 a 11 de abril, nas proximidades do Mercadão Municipal e das praças Ary Coelho e Rádio Clube.

O comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Holivaldo de Jesus Muniz, avaliou o resultado como positivo e garantiu que a fiscalização irá continuar. Ele admitiu que o tráfico de drogas dá origem a uma série de outros crimes porque, para sustentar seu vício, o usuário tenta conseguir dinheiro praticando furtos e assaltos.

O tenente-coronel não informou a quantidade de droga apreendida, mas revelou que foi pequena porque as porções encontradas eram para uso pessoal e não para distribuição. Ainda conforme o comandante, comerciantes da região entraram em contato com a polícia para informar que o local estava mais tranquilo depois da fiscalização.

A operação deflagrada para inibir a “feira livre” do tráfico de drogas, instalada à noite em pontos da região central, como na Rua 7 de Setembro, por exemplo, contou com atuação de militares e equipe da Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais. No primeiro dia, 52 policiais atuaram na fiscalização e nos demais dias, o efetivo foi de 30 militares.

Depois que o jornal Correio do Estado mostrou a livre comercialização de drogas no centro de Campo Grande, equipe de inteligência da polícia mapeou os locais onde o tráfico é mais intenso. Foram alvo de estudo as praças Ary Coelho e Rádio Clube, além das ruas 26 de Agosto, 7 de Setembro, 15 de Novembro, Calógeras, 14 de Julho e Rui Barbosa.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CONFLITO

Militares venezuelanos abrem fogo contra opositores perto da fronteira com o Brasil

O ditador Nicolás Maduro ordenou o bloqueio da fronteira entre os dois países
Khloé Kardashian se manifesta publicamente pela 1ª vez após traição
REDE SOCIAL

Khloé Kardashian se manifesta publicamente pela 1ª vez após traição

Fernanda Montenegro recebe alta em hospital no Rio
ATRIZ

Fernanda Montenegro recebe alta em hospital no Rio

Alunos excluídos da UFMS conseguem frequentar as aulas
APÓS LIMINAR

Alunos excluídos da UFMS
conseguem frequentar as aulas

Mais Lidas