Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

OBRAS

Onze mil quilômetros de rodovias estaduais serão recuperadas

26 FEV 11 - 11h:21NOTÍCIA MS

O governo do Estado vai recuperar 11 mil quilômetros de rodovias estaduais, não pavimentadas, para escoamento da safra e produtos agropecuários nas 11 regiões produtoras de Mato Grosso do Sul. O serviço teve início, esta semana, com 22 frentes de trabalho da Secretaria de Obras Públicas e de Transporte (Seop), envolvendo 210 pessoas e 170 equipamentos, entre máquinas e caminhões.

As equipes vão atuar nas regiões da Grande Dourados, Maracaju, Ponta Porã, Amambai, Capão Seco, Costa Rica, Chapadão do Sul, Bandeirantes, São Gabriel do Oeste, Sonora e Jardim. De acordo com o titular da SEOP, Wilson Cabral Tavares, o governador André Puccinelli priorizou as rodovias nas principais regiões produtoras para garantir o escoamento da safra, que deve ter incremento de 5% este ano. Além de grãos, as regiões se destacam pela produção de suínos e bovinos.

Segundo Cabral as 17 regionais da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), ligada a SEOP, foram mobilizadas para o trabalho de manutenção das vias não pavimentadas. As pontes de madeira nos trechos de abrangência, que necessitam de reparo, também serão restauradas. O trabalho de recuperação das estradas estaduais tem custo mensal de R$ 9 milhões para manutenção de 11 mil quilômetros de rodovias não pavimentadas, 4.100 quilômetros de estradas asfaltadas e 1.030 pontes de madeiras.

Além de recuperar as rodovias estaduais, o Executivo também mantém convênio com os municípios para concessão de equipamentos utilizados na conservação e manutenção de estradas vicinais. Tacuru, Paranhos, Amambai, Porto Murtinho, Aquidauana, Guia Lopes da Laguna, Camapuã e Sete Quedas tiveram os convênios prorrogados por mais 12 meses. O edital foi publicado na terça-feira (22) no Diário Oficial do Estado.

Safra

Conforme estimativa da Secretaria de Produção do Estado (Seprotur) este ano a safra de grãos será 5% maior que em 2010. A previsão para colheita de arroz, feijão, girassol, milho, soja, sorgo, aveia branca, canola e trigo é de 10 milhões e 43 mil toneladas. Também devem ser colhidas 226 mil toneladas de algodão em caroço.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Buscas em endereços de Bivar foram pedidas há 48 dias pela PF e MPE

BRASIL

Centrão quer lei contra deputado infiel

BRASIL

Caixa inicia nesta sexta pagamento do FGTS para não correntistas

BRASIL

Bombeiros confirmam duas mortes no desabamento de prédio em Fortaleza

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião