BRASIL/MUNDO

ONU quer reforço de 3.500 homens

ONU quer reforço de 3.500 homens
19/01/2010 08:23 -


O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu ao Conselho de Segurança da entidade ontem aumento no número de homens da missão no Haiti enviando mais 3.500 soldados e policiais para o país caribenho. O Brasil lidera a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah). Quarenta e seis funcionários da ONU tiveram morte confirmadas no Haiti e mais de 500 estão desaparecidos, informou Martin Nesirky, porta-voz da entidade. “O número total de integrantes da ONU mortos é de 46”, disse ele aos jornalistas, acrescentando que “mais de 500 estão desaparecidos ou dos quais não se tem notícia”.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".