Sábado, 23 de Junho de 2018

ONU quer reforço de 3.500 homens

19 JAN 2010Por 08h:23
O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu ao Conselho de Segurança da entidade ontem aumento no número de homens da missão no Haiti enviando mais 3.500 soldados e policiais para o país caribenho. O Brasil lidera a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah). Quarenta e seis funcionários da ONU tiveram morte confirmadas no Haiti e mais de 500 estão desaparecidos, informou Martin Nesirky, porta-voz da entidade. “O número total de integrantes da ONU mortos é de 46”, disse ele aos jornalistas, acrescentando que “mais de 500 estão desaparecidos ou dos quais não se tem notícia”.

Leia Também