Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 11h21min

Ônibus fretado para doentes transportava sacola com cocaína

25 AGO 10 - 05h:46
Thiago Gomes

Militares da Polícia Ambiental de Miranda apreenderam quase 2,7 quilos de cocaína. A apreensão se deu na segunda-feira, durante fiscalização na BR-262, altura do km 560, no município de Miranda.
A droga foi encontrada em um ônibus da empresa Andorinha, fretado pela Prefeitura de Corumbá para transporte de doentes a hospitais de Campo Grande.
De acordo com informações divulgadas ontem pela  PMA, na vistoria ao bagageiro do ônibus os policiais encontraram três tabletes do entorpecente. A droga estava embrulhada em uma manta, dentro de uma sacola plástica. Todos os passageiros foram interrogados, porém, o proprietário da cocaína não foi encontrado. O motorista também disse não se lembrar de quem seria a bagagem na qual a droga foi encontrada. A mercadoria foi entregue à Delegacia de Polícia Civil de Miranda e o ônibus, liberado para prosseguir com os doentes.

Cápsulas
Enquanto isso, no contexto da Operação Sentinela, policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF)  apreenderam seis cápsulas de pasta-base de cocaína. A apreensão foi feita durante bloqueio realizado na rodovia que liga Corumbá à Bolívia, onde os policiais abordaram para fiscalização um ônibus internacional com itinerário Bolívia/Brasil. Durante revista pessoal no passageiro R.A.A.L., 23 anos, padeiro, morador na cidade de Monteiro (Bolívia), foram encontradas com ele as seis cápsulas de pasta-base. Elas estavam escondidas em suas roupas íntimas.
O padeiro confessou que também tinha engolido outras 54 cápsulas da droga e que tinha a intenção de entregá-las em São Paulo.
R.A.A.L. foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Corumbá-MS, para que fosse retirada a droga de seu estômago. O produto pesou 880 gramas. O acusado recebeu voz de prisão e foi encaminhado á Delegacia de Polícia Federal.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em tratamento contra a dengue, menina precisa de doação de plaquetas
SOLIDARIEDADE

Menina precisa de doação de sangue e plaquetas

Smartphone tem diferença  de preço de até R$ 550 na Capital
PESQUISA

Smartphone tem diferença de preço de até R$ 550 na Capital

Solurb tem 15 dias para mostrar cronograma de restauração ambiental
PRADA

Solurb tem 15 dias para mostrar cronograma de restauração ambiental

Homem pega nas nádegas de mulher dentro de ônibus em Campo Grande
ABUSO

Homem pega nas nádegas
de mulher dentro de ônibus

Mais Lidas