Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

OPERAÇÃO SENTINELA

Ônibus da Funai seria usado para transportar roupas contrabandeadas

21 ABR 2011Por DIÁRIO ONLINE09h:50

Um dia após ser comemorado o Dia do índio, a Força Nacional realizou a apreensão de produtos contrabandeados que eram carregados em um ônibus da Funai (Fundação Nacional do índio). Mais de 800 quilos de roupas contrabandeadas foram apreendidos por volta das 12horas de ontem (20), próximo ao Posto Fiscal Esdras, localizado na área fronteiriça entre Brasil e Bolívia, na cidade de Corumbá.

As peças eram trazidas, de forma clandestina, por uma trilha conhecida na região como "trilha do gaúcho" e eram levadas por "mulas" (pessoas usadas pelos contrabandistas para fazer o transporte de produtos) para o ônibus da Funai. Ao perceberem a aproximação dos policiais, as pessoas que carregavam as roupas pela trilha, fugiram.

O motorista, que se apresentou como sendo contratado pela Funai, foi preso em flagrante e encaminhado a Delegacia de Polícia Federal em Corumbá, e deve responder pelo crime de contrabando e de peculato, mais especificamente peculato-desvio, caracterizado pelo desvio de utilização do bem público para fins particulares.

A ação policial aconteceu no contexto da Operação Sentinela, que reúne as forças de segurança Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional e Secretaria de Justiça e Seurança e Mato Grosso do Sul (Sejusp), e que tem a finalidade de prevenir e reprimir crimes como o tráfico de drogas e armas, o contrabando, crimes relativos à imigração ilegal, cometidos nas fronteiras do país.

Fonte: Diário Corumbaense (www.diarionline.com.br).

Leia Também