Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Óleo de Lorenzo já está disponível no Brasil

11 MAR 08 - 21h:40
     

        Pacientes brasileiros portadores de doença genética conhecida popularmente como ?doença do óleo de Lorenzo? têm agora maior facilidade para adquirir o tratamento no País. A partir deste mês, o Óleo de Lorenzo, aprovado pela Anvisa e único tratamento nutricional do mundo para a Adrenoleucodistrofia (ADL), é comercializado diretamente pelo fabricante, o que garante maior agilidade no recebimento do produto e preço mais acessível.

        
        A ADL é uma doença genética ligada ao cromossomo X que devido a problemas na sua atividade causa acúmulo de ácidos graxos no cérebro e na glândula supra-renal, provocando problemas como cegueira, surdez, paraplegia e incapacidade de engolir e se comunicar. Estima-se que a incidência no mundo seja de um para cada 17 mil nascimentos, sendo mais frequente e com maior gravidade em meninos a partir dos 3 anos de idade.

         

        No Brasil, o Óleo de Lorenzo é comercializado pela Support Advanced Medical Nutrition, empresa do grupo Danone. Para mais informações, a empresa disponibiliza o 0800 55 14 04 ou pelo site www.supportnet.com.br
        

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Caos na Bolívia trava importação de matéria-prima de fertilizantes
UREIA

Caos na Bolívia trava chegada da matéria-prima de fertilizantes

PRATICIDADE

Confira receita de risoto rápido e fácil na panela de pressão

Combinação de abobrinha, espinafre e gorgonzola rendem um prato de sabores intensos
Para ajudar o próximo, Jenildo distribui adesivos que ajudam a respirar fundo
GENTILEZA GERA GENTILEZA

Para ajudar o próximo, Jenildo distribui adesivos que ajudam a respirar fundo

Prêmio nacional de turismo tem finalista de Mato Grosso do Sul
RECONHECIMENTO

Prêmio nacional de turismo tem finalista de Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião