Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Oito pessoas são presas acusadas de formação de cartel no MT

23 ABR 08 - 16h:30
     

        Oito pessoas foram presas hoje em Cuiabá acusadas de envolvimento em um esquema de cartel no preço dos combustíveis em Mato Grosso. Entre os presos, foram detidos donos de postos, advogados e o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Mato Grosso (Sindipetroleo), José Fernando Chaparro.  A quadrilha é acusada de formação de cartel, corrupção, crime contra a ordem econômica e dumping - prática de derrubar os preços para prejudicar os postos menores e, em seguida, dominar o mercado com preços mais elevados. Mato Grosso tem a gasolina mais cara do País justamente por causa desse cartel instalado na capital: em média, R$ 2,89, o litro, segundo o Ministério Público Estadual (MPE).

        Com informações do Estadão

         

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ÓLEO NO MAR

Manchas de óleo já atingem 494 localidades no Nordeste e no ES

Governo poderá bancar viagens de pacientes com milhas
MILHAS DA SAÚDE

Viagem de paciente poderá ser bancada com milhas; entenda

Instaurada CPI que vai investigar aumento na energia elétrica
CPI DO PALANQUE

Instaurada CPI que vai investigar aumento na energia elétrica

BRASIL

Para Maia, PEC da 2ª instância não é 'a única urgência'

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião