Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

OPERAÇÃO INDEPENDÊNCIA

Oito pessoas morrem em rodovias no feriadão

9 SET 10 - 21h:27
DANIELLA ARRUDA

Oito pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais e estaduais de Mato Grosso do Sul durante o feriado prolongado da Independência. O número de ocorrências subiu em relação ao feriado do ano passado, que teve um dia a menos e encerrou na segunda-feira. Nas vias federais foram quatro mortes neste ano e uma em 2009. Já nas estradas federais, os policiais registraram quatro mortes durante este feriado e nenhuma no mesmo período do ano anterior.
Apesar do aumento nas mortes, o número de ocorrências manteve-se nas rodovias federais. Foram 51 acidentes em 2009 e neste ano, conforme balanço da Operação Independência, divulgado ontem pela Polícia Rodoviária Federal. Já a quantidade de feridos teve cresceu de 10%, passando de 53 para 58 vítimas.
Segundo a PRF, o tipo de acidente mais frequente foi a saída de pista, que somou 25% das ocorrências. A causa mais comum foi a falta de atenção (31,3%), seguida da perda de controle da direção (11,7%). A BR-163 concentrou a maioria dos acidentes (41%, o equivalente a 21 ocorrências). Na BR-262 foram registrados 12 acidentes (23% do total) e na BR-267 10 acidentes (19,6%).
Anteontem à noite, Levi Graminho Monteiro, de 59 anos, morreu após ser atropelado por um caminhão Mercedes-Benz na BR-262, em Miranda. Segundo informações da PRF, a causa provável do acidente foi a falta de atenção do pedestre ao atravessar a rodovia. Os outros três óbitos foram registrados na BR-163, em Pedro Gomes, e na BR-267, em Bataguassu.

Rodovias estaduais
A violência no trânsito também cresceu nas rodovias estaduais. Aumentou ainda o número de ocorrências e vítimas — em 2009, foram registrados nas rodovias estaduais 13 acidentes, com nove feridos; neste ano, foram 20 acidentes, deixando 12 pessoas feridas, seis delas em estado grave.
Às 2h15min, foi registrado o último acidente com morte durante a operação. O condutor Francisco Manique Barreto, de 59 anos, morreu após perder o controle da direção do caminhão Mercedes-Benz que dirigia e sair da pista, na MS-162, entre Maracaju e Sidrolândia. Mais duas mortes foram registradas em acidentes na MS-276, em trechos próximos a Dourados e Nova Andradina, e outro óbito na MS-060, entre Sidrolândia e Campo Grande.

Multas
No período, o número de multas aplicadas também aumentou. Os policiais rodoviários federais aplicaram 1.777 multas neste ano contra  1.326 no ano passado. Já a fiscalização por radar resultou num total de 1.546 notificações.  Os policiais rodoviários estaduais lavraram 75 autos de infração (resultando em multas).
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORREIO DO ESTADO

Confira nosso editorial desta segunda-feira: "Importância da ferrovia"

ARTIGO

Fausto Matogrosso: "Solene isolamento"

OPINIÃO

Antonio Carlos Siufi Hindo: "Indicação para a secretaria nacional de Cultura"

Promotor de Justiça aposentado

Felpuda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião