domingo, 22 de julho de 2018

BALANÇO

Oferta de crédito puxa venda de veículos

4 MAR 2011Por AGENCIA BRASIL22h:09

O crescimento de 19% no volume de crédito em janeiro com relação ao mesmo período do ano passado e o aumento do índice de confiança do consumidor contribuíram para a elevação das vendas de veículos, mesmo com os juros aumentando de 18,2% para 20,3%, afirmou o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Cledorvino Belini. “Consumidor confiante está mais propenso ao consumo. A inadimplência também caiu de 4,3% para 2,6%”.

De acordo com o balanço divulgado hoje (4) pela Anfavea, a venda de veículos novos cresceu 12% em fevereiro deste ano na comparação com janeiro. Foram vendidos 274.153 novos veículos, contra 244.873 em janeiro. Em relação a fevereiro de 2010, quando foram vendidos 220.957 veículos novos, o aumento foi de 24,1%. No primeiro bimestre deste ano, foram 519.026 unidades vendidas, 19,5% a mais que no mesmo período do ano passado.

A produção total aumentou 18,7% em fevereiro, com 310.657 veículos fabricados, enquanto em janeiro esse número foi de 261.777. Na comparação com fevereiro do ano passado, quando foram produzidos 250.577 unidades, houve elevação de 24%. Nos dois primeiros meses do ano, a produção foi 15,3% maior que no mesmo período do ano passado. Em janeiro e fevereiro deste ano, foram produzidos 572.434 unidades, enquanto no mesmo período de 2010 foram 496.499.

Com relação às exportações houve elevação de 20,4% em fevereiro com 64.564 unidades comercializadas no mercado externo, frente a 53.607 em janeiro. Ante o mesmo mês do ano passado quando foram vendidos 53.138 veículos foi registrada elevação de 21,5% e no bimestre 16,4%.

Em valores, as exportações atingiram US$ 1,098 bilhão em fevereiro, 16,6% a mais do que em janeiro e 31,4% acima de fevereiro do ano passado.

O emprego aumentou 0,6% em fevereiro, como 138.447 contratações, enquanto em janeiro foram 137.660. Na comparação com fevereiro do ano passado houve aumento de 9,2%.

Belini disse que as expectativas para 2011 são de crescimento de 5% nas vendas, com 3,7 milhões de veículos vendidos. As exportações devem cair de 766 mil para 730 mil.

Leia Também