Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

OEA faz reunião extraordinária para discutir a crise no Paraguai

22 AGO 2012Por Agência Brasil12h:15

O Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) se reúne hoje (22) extraordinariamente para discutir a crise política no Paraguai, instaurada pela destituição do ex-presidente Fernando Lugo em junho. O secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, foi até Assunção, capital paraguaia, para conversar com as autoridades e analisar a situação. Na ocasião, Insulza sinalizou ser contrário à suspensão do Paraguai do órgão.

O secretário conversou com o presidente do Paraguai, Federico Franco, o ministro dos Negócios Estrangeiros, José Félix Fernández Estigarribia, integrantes do Congresso Nacional, da Corte Suprema e da Justiça Eleitoral.

O Conselho Permanente da OEA já fez três sessões especiais sobre o assunto, mas não adotou resoluções sobre o caso. Paralelamente, a organização informou que enviará 500 observadores estrangeiros para acompanhar o processo eleitoral no Paraguai. Em 21 de abril de 2013, haverá eleições majoritárias no país.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também