Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ADMINISTRADORES

Ocupação irregular do solo terá punições

29 MAR 11 - 14h:05agência brasil

A presidenta Dilma Rousseff afirmou que irá propor mudanças no Estatuto das Cidades para punir administradores públicos que permitirem ocupação irregular do solo. O objetivo, segundo Dilma, é evitar desastres envolvendo populações que vivem em áreas de risco.

“As tragédias ocorrem em boa parte dos casos pela ocupação de áreas de risco. Administradores públicos que permitam ocupação irregular serão responsabilizados”, afirmou hoje (29) na coluna Conversa com a Presidenta, publicada semanalmente em jornais.

A presidenta informou também que espera resultados concretos já para o segundo semestre deste ano sobre o Sistema Nacional de Alerta e Prevenção de Desastres Naturais que está em elaboração pelo Ministério de Ciência e Tecnologia junto com as Forças Armadas e a Defesa Civil.

Segundo Dilma, os pontos de risco de todo o país estão sendo mapeados pela Universidade Federal de Santa Catarina para orientar as políticas de prevenção.

Na coluna, a presidenta falou também sobre educação e afirmou que irá lançar ainda este semestre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico (Pronatec) com o objetivo de qualificar trabalhadores para o mercado de trabalho.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Congresso aprova crédito para Petrobras e viabiliza leilão do pré-sal

Flamengo dá baile em Maracanã lotado e Grêmio dança
GOLEADA

Grêmio dança no baile do Flamengo

FILHO DO PRESIDENTE

Eduardo Bolsonaro desiste, e Forster é cotado para embaixada

Eduardo não conseguiu convencer senadores a apoiarem seu nome
MUDANÇAS

Comissão da reforma dos militares suspende sessão pela 2ª vez para buscar acordo

Há reclamação por parte de parlamentares e de policiais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião