Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Carnaval

Ocupação hoteleira é menor este ano

2 MAR 14 - 00h:00Agência Brasil

A ocupação hoteleira no carnaval carioca era de 74,84% na sexta-feira (28), de acordo com a segunda prévia divulgada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (Abih-RJ). Ocupação abaixo, portanto, da que foi registrada no mesmo período do ano passado, quando as reservas atingiam 87,81%. Na avaliação do presidente da entidade, Alfredo Lopes, a queda na ocupação se deve ao aumento da oferta de leitos na cidade.

Segundo Lopes, desde 2010 e até junho próximo, quando será iniciada a Copa do Mundo da Federação Internacional de Futebol (Fifa), a hotelaria do Rio de Janeiro terá ampliado em cerca de 6.800 o número de quartos em operação. “Somente do ano passado pra cá foram quase 4.500 novos quartos operando”, disse Lopes. No interior do estado, a ocupação alcança 88%. Os destinos mais procurados são a região serrana e o sul fluminense.

Os bairros mais procurados pelos turistas, até agora, na cidade do Rio de Janeiro, são Ipanema e Leblon, com 80,97% de ocupação, centro (77,46%) e Copacabana (75,77%). A Abi-RH informou ainda que, do total de turistas que visitam a capital fluminense para o carnaval, em torno de 70% são brasileiros.

Já a Associação de Cama & Café e Albergues do Estado do Rio de Janeiro relatou que a ocupação média geral atinge 88% neste carnaval. Para dormitórios, as reservas somam 95%, enquanto quartos privativos têm ocupação de 80%.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Cidades brasileiras participam de mobilização mundial pelo clima

VÍCIO FORMAL

Francischini: vamos tentar retomar na CCJ alguns pontos do pacote anticrime

Homem é morto a tiros ao chegar na casa da namorada
PONTA PORÃ

Homem é morto com 16 tiros na fronteira

MUNDO

Manifestantes em mais de 150 países defendem meio ambiente

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião