Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

JAPÃO

OCDE reduz previsão de crescimento

21 ABR 11 - 16h:38TERRA

A economia do Japão enfrentará uma desaceleração considerável neste ano após o terremoto e o tsunami do mês passado, com o governo precisando cortar gastos de outros programas para reconstruir a costa nordeste do país e garantir um crescimento maior em 2012, disse a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta quinta-feira.

O Produto Interno Bruto (PIB) japonês crescerá 0,8% em 2011, segundo um relatório da OCDE, um forte retrocesso em relação à expansão de 1,7% prevista anteriormente, por causa do desastre de 11 de março.

Em 2012, a economia do Japão crescerá 2,3%, mais que a estimativa de 1,3% calculada anteriormente pela OCDE, na medida em que o ritmo de reconstrução ganha força. "O impacto imediato do horrendo desastre deve ser grande, estendendo-se para além das áreas devastadas pelo terremoto e o tsunami", previu a OCDE no relatório.

"Porém, a experiência de desastres anteriores no Japão e em outros países desenvolvidos sugere que o impacto negativo de curto prazo sobre a produção econômica será seguido por uma recuperação, com o aumento dos gastos com reconstrução." O governo japonês estima que os danos materiais superam US$ 300 bilhões, criando o mais custoso desastre natural da história.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mulher é baleada por ex-marido e finge estar morta para sobreviver: 'Parei de respirar'
BRASIL

Mulher é baleada por ex-marido e finge estar morta para sobreviver: 'Parei de respirar'

Pequenos negócios criaram 95% das vagas em julho, diz Sebrae
ECONOMIA

Pequenos negócios criaram 95% das vagas em julho, diz Sebrae

BRASIL

Presidente dos EUA oferece a Bolsonaro ajuda à Amazônia

Rally dos Sertões atrai centenas de pessoas e da start ao aniversário da Capital
120 DE CAMPO GRANDE

Sertões atrai centenas, mesmo com calor e poeira

Mais Lidas