Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BR-163

Obra vai representar melhoria da infraestrutura do Estado, diz Moka

12 MAR 14 - 18h:01DA REDAÇÃO

Depois de ter participado da solenidade de assinatura do contrato de concessão da BR-163 no Estado, o senador Waldemir Moka disse que a duplicação da rodovia é um sonho alimentado por toda a população, especialmente a do Norte de Mato Grosso do Sul. “Agora, a bola está com as empresas que arremataram o leilão, e acabam de assinar o contrato para sua construção e exploração da rodovia, que deve ficar pronta, segundo obrigação contratual, em no máximo cinco anos”, declarou. Moka afirmou ainda que a obra vai representar um reforço enorme no processo de melhoria da infraestrutura sul-mato-grossense.

O pedágio somente pode começar a ser cobrado com 10% da obra concluída. Em 30 anos, a concessão vai gerar investimentos de R$ 5,69 bilhões nos 847,2 quilômetros situados entre a divisa MT/MS e divisa MS/PR . A tarifa de pedágio oferecida pela CCR foi de R$ 0,04381 por quilômetro de rodovia, o que representa um deságio de 52,74% (diferença entre valor estabelecido no edital e o oferecido na proposta vencedora) em relação ao teto de R$ 0,0927, estabelecido no edital.

De acordo com o contrato de concessão, a empresa deverá duplicar 806,3 quilômetros da divisa MT/MS até Vila Vargas e de Dourados até a divisa MS/PR. Até o quinto ano do contrato de concessão, as concessionárias deverão efetuar intervenções estruturais e melhorias funcionais e operacionais nos demais elementos da rodovia. A concessionária deverá fazer conservação e manutenção da rodovia até o final do contrato. Os investimentos em conservação serão traduzidos em intervenções físicas programadas para recompor e aprimorar as características técnicas e operacionais da rodovia.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputada do PSL cria campanha para Bolsonaro não ir à ONU
POLÍTICA

Deputada do PSL cria campanha para Bolsonaro não ir à ONU

Produto vencido poderá <br>ser trocado por outro grátis
DIREITO DO CONSUMIDOR

Produto vencido poderá
ser trocado por outro grátis

Justiça de SP aceita denúncia contra seguranças por tortura de jovem
BRUTAL

Justiça de SP aceita denúncia contra seguranças por tortura de jovem

Campo Grande recebe evento sobre investimento de imigração nos EUA
INFORME PUBLICITÁRIO

Campo Grande recebe evento sobre investimento de imigração nos EUA

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião