PALMEIRAS

Obina diz que pode fazer dupla com Barcos

Obina diz que pode fazer dupla com Barcos
28/07/2012 00:00 - band


Para quem jogou um ano e meio na China, em um país com a cultura diferente, se readaptar a um time brasileiro não é tarefa das mais difíceis. Obina, que retornou ao Palmeiras depois de passagem no Shandong Luneng, agora poderá fazer dupla com Barcos. O atacante brasileiro aposta que essa parceria pode dar certo.

"Pelo o que eu ouvi, o Barcos é um cara muito inteligente, segura bem a bola e tem qualidade no passe. Acho que, se a gente souber se comunicar bem e ajudar a equipe, dá para jogar juntos", disse Obina em entrevista exclusiva à Rádio Bradesco Esportes FM.

Obina, que foi emprestado ao Palmeiras por seis meses, ainda falou da sua vida na China. O atacante disse ter sentido saudade da culinária, já que na cidade Jinan, onde morava, quase não tinha restaurante brasileiro. O atacante falou que não teve coragem de comer cachorro, um prato típico chinês, e comentou o hábito de algumas crianças chinesas usarem calças rasgadas na parte de trás para facilitar na hora de ir ao banheiro.

Outro assunto abordado por Obina na entrevista foi a derrota para o Bahia. "Eu acho que teve um momento do jogo que o árbitro se perdeu. É normal errar. Mas não pode errar tanto, a ponto de prejudicar uma equipe."

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".