Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

dourados

OAB/MS pede e hospital é investigado

27 JUN 2012Por da redação00h:00

A Procuradoria da República do Município de Dourados instaurou dois inquéritos civis públicos para analisar supostos casos de negligência médica no Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU/UFGD). A investigação foi um dos pedidos da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil-Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS), que havia cobrado o Ministério Público Federal (MPF) por ações neste sentido.

O primeiro inquérito civil, instaurado em 9 de março, investiga as circunstâncias da morte do recém-nascido Davi Lucas Santos Machado, nas dependências do HU/UFGD. O hospital forneceu os documentos necessários, como prontuários médicos. A análise dos dados resultou em um inquérito na Polícia Federal da cidade, e em uma auditoria especial na maternidade do HU.

O segundo investiga a morte de outro recém nascido, filho de Gislaine Nunes Ardigo. Instaurado em 30 de abril, o processo gerou investigação também na PF, e reforçou a exigência de uma auditoria minuciosa da direção do hospital, que se comprometeu com a ação. O HU/UFGD solicitou prazo de 30 dias para apresentar resultados da auditoria especial, pra ainda em curso.

Ambos inquéritos foram pedidos pelo procurador da República Raphael Otavio Bueno Santos.

Fonte: OAB/MS

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também