Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NÚMEROS ALARMANTES EM MS

OAB cria comissão para tratar de casos de violência contra mulher

OAB cria comissão para tratar de casos de violência contra mulher
23/01/2014 15:24 - Gabriel Maymone


Depois de criar comissões para acompanha situação dos presídios e do 'rolezinho', a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul (OAB-MS) criou nesta quinta-feira (23) um grupo para acompanhar o andamento dos casos de violência contra a mulher.

O objetivo da Comissão Provisória de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra Mulher é a prevenção. Segundo a presidente da comissão, Tatiana Ujacow, “Nosso trabalho também será de levar informação para as mulheres, com uma atuação preventiva, abordando as formas de violência e como buscar ajuda”, afirma.

Segundo a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), no ano de 2013 foram registrados 5.640 boletins de ocorrência. Até o dia 15 de janeiro desse ano, já são 208 registros.

A Central de Atendimento à Mulher, do Governo Federal, recebe denúncias por meio do telefone 180. Já em Mato Grosso do Sul, há o disque denúncia 0800 67 1236, da Defensoria Pública da Mulher, e a Delegacia de Atendimento à Mulher, no (67) 3384-1149. 

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?