Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

OAB acusa Enersul e Aneel de apropriação indébita e estelionato

8 ABR 08 - 14h:08
     

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul, vai ao Departamento de Polícia Federal contra os diretores da Empresa Energética de Mato Grosso do Sul (Enersul) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), pelos indícios da prática de crimes na cobrança indevida na conta de luz dos consumidores residenciais no Estado. A decisão pela medida policial foi anunciada na manhã de hoje (8) pelo presidente da OAB-MS, Fábio Trad, que destacou a providência como uma das atribuições institucionais da Ordem em se levantar em defesa da população sul-mato-grossense, flagrantemente lesada nesse episódio das tarifas de energia elétrica.

A Enersul recebeu de forma irregular R$ 192,3 milhões dos consumidores, valores esses que precisam ser devolvidos. Apesar da Aneel ter sinalizado no ano passado com redução de 18,93% na conta de luz para a compensação dos valores cobrados a maior, ontem a agência acabou fixando uma redução média de apenas 7,18% e um congelamento do valor cobrado por quilowatt até 2011, diluindo-se assim a devolução em três anos.

        Fábio Trad frisou que há indícios de que a supervalorização dos índices na cobrança da tarifa de energia foi proposital e com isso os diretores da Enersul e da Aneel sabiam da ocorrência de apropriação indevida de valores dos consumidores. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Enterrado em Campo Grande corpo do cantor Ivo de Souza
LUTO

Enterrado em Campo Grande corpo do cantor Ivo de Souza

Gado é abandonado sem pastagem e rebanho pode ser sacrificado
CRIME AMBIENTAL

Rebanho é abandonado sem pasto e pode ser sacrificado

Festival de cultura movimenta UFMS nesta semana
CAMPO GRANDE

Festival de cultura movimenta UFMS nesta semana

Bahia usará uniforme manchado em manifesto pelas praias atingidas por óleo
BRASILEIRÃO

Bahia usará uniforme manchado em manifesto pelas praias atingidas por óleo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião