Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TAILÂNDIA

Número de mortos após terremoto em Mianmar sobe a 75

25 MAR 11 - 08h:12G1

O terremoto de magnitude 6,8 que afetou o leste de Mianmar na quinta-feira à noite deixou pelo menos 75 mortos e 110 feridos, segundo o balanço mais recente do governo local.

O governo teme um número de vítimas ainda maior, já que as equipes de socorro não conseguiram chegar ainda a todas as áreas afetadas.

O terremoto aconteceu em pleno "triângulo de ouro", entre Mianmar, Tailândia e Laos, uma zona montanhosa de difícil acesso, mas onde existe um comércio ativo entre os três países.

O tremor foi particularmente violento nos vilarejos situados entre as cidades de Tashilek e Kentung, onde foram registradas todas as vítimas birmanesas até o momento e de onde chegam poucas informações.

"As estradas estão fechadas. Segundo nossas informações, mais de 130 edifícios desabaram", declarou uma fonte do governo que pediu anonimato.

Do lado tailandês, uma mulher de 52 anos morreu no distrito de Mae Sai, perto da fronteira.

O epicentro do tremor, que aconteceu a 10 km de profundidade, foi localizado pelo Instituto Geofísico dos Estados Unidos (USGS) perto das fronteiras com Tailândia e Laos, 90 km ao norte de Chiang Rai e a 235 km de Chiang Mai (nordeste da Tailândia).

Segundo o USGS, três réplicas de magnitudes 4,8, 5,4 e 5 fizeram a região tremer após o primeiro tremor.

Morador observa estrago provocado pelo terremoto na cidade birmanesa de Tarlay nesta sexta-feira (25) (Foto: AP)Morador observa estrago provocado pelo terremoto na cidade birmanesa de Tarlay nesta sexta-feira (25) (Foto: AP)

No Vietnã, o diretor do departamento de Controle de Abalos Sísmicos Dinh Quoc Van informou que o terremoto atingiu magnitude 5 em Hanói e de 6 na cidade de Dien Bien Phu, no noroeste do país.

A rádio nacional chinesa confirmou que o tremor atingiu a província de Yunnan, sem deixar danos ou vítimas, mas provocou fissuras em casas e escolas na região de Xishuangbanna, na fronteira com Mianmar.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governo abre licitação <br> para retomada do Aquário
MENOR PREÇO

Governo abre licitação
para retomada do Aquário

Corredor Bioceânico pode dar nova vida ao Porto Seco
COMÉRCIO E TRANSPORTE

Corredor Bioceânico pode dar nova vida ao Porto Seco

PREFEITURA

Atos Oficiais do município de Campo Grande 23/08/2019

Temporal com ventos fortes e granizo causa estragos em Ponta Porã
INTERIOR

Temporal com ventos fortes e granizo causa estragos

Mais Lidas