Sexta, 15 de Dezembro de 2017

UNIVERSIDADE

Número de inscritos no Sisu é menor
em 2014

11 JAN 2014Por LUCIA MOREL00h:00

Apesar do encerramento das inscrições ter ocorrido ontem à noite, o número de inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para as quatro instituições de ensino de Mato Grosso do Sul que aderiram ao programa deve cair cerca de 20%.

No ano passado, 53.565 estudantes se inscreveram para cursar alguma graduação em Mato Grosso do Sul, número menor que o deste ano. Nesta edição de 2014, em que há quase 2 mil vagas a mais e quatro universidades, a quantidade de inscritos, até o meio-dia de ontem, era de 42.687.

No primeiro semestre de 2013 foram ofertadas 6.705 vagas para 149 cursos em apenas três instituições de ensino superior. Neste ano são 8.006 vagas para 191 graduações em quatro universidades. O total final poderá ser divulgado a partir de hoje.

Desde que o sistema foi implantado em instituições de ensino superior, ficou mais difícil preencher todas as vagas disponibilizadas, sobretudo na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), cujo acesso é feito 100% por meio do Sisu.

O problema, é que conforme as chamadas da seleção vão sendo feitas, sobram vagas em universidades fora do Estado, reduzindo a quantidade de alunos aqui já que muitos preferem estudar fora de MS.

Além da UFMS, a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Universidade Estadual de MS (UEMS) e Instituto Federal (IFMS) oferecem vagas de ensino superior por meio do sistema.

Ontem, os cursos de Medicina continuavam como os mais procurados no Estado. A graduação da UFMS exigia uma nota mínima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 792,8. O curso de Medicina da UFGD tinha nota de corte em 783,7.

Leia Também