Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Número de guerras no mundo dimunui 30% em 10 anos

11 JUL 08 - 12h:00
     

 

 

Há hoje, no mundo, 14 guerras e conflitos armados em andamento, que matam centenas de pessoas em diferentes países. De acordo com um relatório divulgado no final de junho pelo Instituto Internacional de Pesquisa em Paz de Estocolmo (Sipri, na sigla em inglês), o número de conflitos é o mesmo de 2006, mas menor do que em 1998, quando havia 20 confrontamentos ativos no planeta.

Segundo a classificação do instituto, que pesquisa o tema desde 1966, um enfrentamento só pode ser classificado como conflito armado quando pelo menos uma das partes é o governo de um país e quando, no período de um ano, foram registradas de 25 a 999 mortes relacionadas à crise.

 

Segundo Ekaterina Stepanova, diretora de projetos do Instituto e autora de "Terrorismo em conflitos assimétricos", um conflito se eleva à categoria de guerra se há mais de mil mortes de combatentes em um ano. Civis atingidos apenas de um lado não entram na contagem. De acordo com essa classificação, no ano passado foram registradas quatro guerras no mundo: Iraque, Afeganistão, Somália e Sri Lanka.

 

Com informações do site G1

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Joice Hasselmann diz que há 'time de fake news' no entorno do clã Bolsonaro
REPERCUSSÃO

Joice Hasselmann diz que há 'time de fake news' no entorno do clã Bolsonaro

Temperatura cai e previsão indica mais chuva para Mato Grosso do Sul
TEMPO

Temperatura cai e previsão indica mais chuva para MS

Aruba é destino perfeito para quem não quer se preocupar com o visto
MAR AZUL

Aruba é destino perfeito para quem não quer se preocupar com o visto

'Star Wars: A Ascensão Skywalker': pré-venda de ingressos começou
CINEMA

'Star Wars: A Ascensão Skywalker': pré-venda de ingressos começou

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião