Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Número de famintos aumenta, diz ONU

Número de famintos aumenta, diz ONU
26/10/2009 18:20 -


     

         A maioria dos países em desenvolvimento está pagando mais por comida, apesar das quedas registradas no mercado de commodities durante a crise econômica mundial. Com isso, mais 200 milhões de pessoas começaram a passar fome nos últimos dois anos, informou hoje o Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU). A diretora executiva da agência, Josette Sheeran, citou as mudanças climáticas, o aumento dos preços dos combustíveis e a queda de renda pela situação. Ela disse que o número de "famintos em situação de emergência" atingiu agora o nível mais alto, de 1,02 bilhão de pessoas.

        Com informações do Estadão
        
        

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!