Segunda, 18 de Junho de 2018

Número de crianças e adolescentes que trabalham diminui

18 SET 2008Por 15h:30
     
        
        

A proporção de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos que trabalham em todo o país caiu de 18,7%, em 1995, para 10,8%, em 2007, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (18), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo com a queda, o número de jovens trabalhando permanece alto.

As famílias das classes sociais mais baixas são as que têm mais filhos trabalhando.
        Cerca de 60% dos jovens de 5 a 13 anos que trabalham estão na zona rural. Proporcionalmente, as regiões Nordeste e Sul apresentam as maiores taxas de jovens trabalhando. No Sudeste, a taxa é menor.


Com informações do G1
        

Leia Também