Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Novos acessos viários melhoram o fluxo de veículos em Dourados

12 AGO 10 - 07h:55
Beatricce Bruno

Investimentos de R$ 76 milhões foram aplicados no Anel Viário de Dourados e na duplicação da MS - 156, que liga o município a Itaporã. A conclusão da pavimentação da MS - 379 – trecho do entroncamento de Laguna Caarapã com a BR - 463 – completaram a estrutura do Perimental Norte, como também é chamado, no sentido norte e sul. A obra melhorou o fluxo das carretas que fazem o escoamento da produção de grãos da região para os estados do sul e sudeste do País, além de desafogar o tráfego de veículos, bastante intenso entre os municípios da região.
De acordo com o projeto, da rodovia da perimental terá uma pista de 12 metros de largura, sendo 3,5 de pista de rolamento e 2,5 de acostamento. Nesta obra, R$ 29 milhões foram de recursos próprios do governo do Estado.
O trecho da perimental compreende os entroncamentos da BR-463 (Laguna Caarapã), MS - 162 ( Itaporã) e BR- 163 (Fátima do Sul).

Economia
A Grande Dourados é a segunda região econômica de Mato Grosso do Sul. A abertura das vias e a ligação das malhas estaduais e vicinais com a rodovias federais garantiram a nova logística para o transporte. A expectativa também é de que a facilidade de acesso atraia novos investidores, indústrias e empreendimentos para a Grande Dourados.

Sonho
O Anel Viário é um sonho de 20 anos da população de Dourados. A falta desta obra fazia com que os caminhões de carga passassem por dentro do município. Isso provocou diversos acidentes, o que tornou Dourados o município com maior índice de acidentes do Estado. Somente no ano passado, foram registrados 2,5 mil acidentes, com 38 mortos.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Felpuda

BRASIL

Envolvimento de agentes de saúde pode acelerar diagnóstico de câncer

BRASIL

Tratamento para doenças raras precisa de investimentos em pesquisa

BRASIL

Motorista embriagado invade lanchonete, atropela 4 e mata jovem

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião