Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Novo presidente do STF decidirá sobre intervenção no Distrito Federal

10 ABR 10 - 21h:16

brasília

 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, afirmou ontem, contrariando declaração anterior, que "não haverá tempo" em sua gestão, que se encerra no dia 23 deste mês, de tomar decisão em torno do pedido de intervenção federal no Distrito Federal, feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

Gilmar Mendes acrescentou, segundo a Folha Online, que a questão, de qualquer forma, "estará em boas mãos", referindo-se ao ministro Cezar Peluso, que vai assumir a presidência da Corte, e que ficará encarregado de tomar a decisão.

Gurgel, por sua vez, disse no STF, ontem pela manhã, que ainda está trabalhando no segundo pedido de informações que Gilmar Mendes fez sobre o pedido de intervenção federal no DF. Ao falar da expectativa em torno da soltura do ex-governador José Roberto Arruda, que está preso na Polícia Federal (PF), o procurador opinou que "a situação no DF ainda é grave", mas que o Judiciário "não tem intenção de manter Arruda preso indefinidamente".

Para o procurador, a decisão de Arruda de ficar calado durante depoimento na PF pesou negativamente contra ele. Na ocasião, o ex-governador alegou que não iria responder a perguntas, atendendo a conselho de seu advogado.

Roberto Gurgel informou que ainda está estudando documentos que recebeu da PF sobre a Operação Caixa de Pandora, a propósito do segundo pedido de informações de Mendes.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Chefe da quadrilha do chapéu era fugitivo da Máxima
CONDENADO A 51 ANOS

Chefe da quadrilha do chapéu era fugitivo da Máxima

Donos de cortume são <br> condenados por poluir córrego
DENÚNCIA

Donos de cortume são
condenados por poluir córrego

Estado deve perder 8% da área de algodão para o milho safrinha e soja
Menos 3 mil hectares

Estado deve perder 8% da área de algodão para o milho e soja

Chuva traz alívio e produtores retomam plantio da soja
LAVOURAS

Chuva traz alívio e produtores retomam plantio da soja

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião