Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 13 de dezembro de 2018

Jean Carlos Chera

'Novo Neymar' deixa o Santos e pede desculpas

25 MAR 2011Por terra14h:50

Promessa do futebol desde que era criança, Jean Carlos Chera anunciou sua saída do Santos na manhã desta sexta-feira, por meio de seu Twitter. O garoto, 15 anos, afirmou que não foi valorizado pela diretoria alvinegra e pediu desculpas à torcida santista por deixar o clube.

"Peço desculpas à nação santista, a qual aprendi a amar, pela minha saída. Infelizmente a diretoria da base não valoriza o atleta que tem", afirmou Chera, na rede social.

"Meu pai, que é meu representante, não chegou a um acordo sobre meu contrato profissional com a diretoria do Santos", completou.

O jogador não divulgou qual será seu destino. No entanto, o garoto deve transferir-se para o futebol europeu, onde alguns clubes já haviam demonstrado interesse.

"Há 60 dias que tentam buscar um acordo, mas a família classificou a proposta do clube como irrisória, pois o Santos ofereceu vencimentos bem menores do que os que o Jean já recebe no amador", informou a assessoria de imprensa do atleta.

O pai de Jean, Celso Chera, embarca neste sábado para a Europa e ouvirá proposta de um grande clube do continente. O atleta também tem propostas de outros times do Brasil, mas as chances de atuar por uma agremiação do exterior são maiores.

O meio-campista tinha remuneração de R$ 25 mil na base e exigia duplicar o valor com a renovação. Além disso, o pai do atleta pretendia um aumento progressivo no salário a cada temporada do novo vínculo, que teria três anos - dessa maneira, os números poderiam beirar os R$ 100 mil no terceiro ano de contrato.

Para completar, Celso Chera queria 50% dos direitos econômicos do jogador no novo acordo. O Santos rejeitou a ideia e ofereceu valores menores aos que ele já recebe, o que desagradou os representantes de Jean.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também