Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Chuva

Nove pontos críticos de enxurrada devem continuar sem solução

16 JAN 14 - 00h:00DA REDAÇÃO

A prefeitura de Campo Grande só tem projetos para solucionar seis dos 13 pontos críticos elencados pela Defesa Civil, onde há riscos de alagamentos e outros danos causados pelas chuvas de verão, e no que diz respeito a recursos, só quatro pontos tem verba garantida para obras.

Segundo o jornal Correio do Estado, os quatro locais que já possuem investimento direcionado são as intervenções na avenida Guaicurus, nos bairros Marcos Roberto e Jockey Clube e na avenida Capibaribe. Conforme Semy, amanhã (17) a prefeitura vai receber as propostas da empresas interessadas na pavimentação e drenagem da Guaicurus. “A abertura de propostas de preço é dia 17 e a obra será feita com recursos próprios da prefeitura”, sustentou o secretário. Serão investidos R$ 12 milhões.

A matéria publicada na edição de hoje informa que a solução para os bairros Marcos Roberto e Jockey Clube passa pela finalização das obras de contenção à enchente iniciadas em 2012. Resta 25% para ser concluída e conforme a Seintrha, o problema “será resolvido com a obra em andamento do PAC 2 [Programa de Aceleração do Crescimento] Cabaças e Areias. A empresa Pactual vai fazer as interligações de drenagem na avenida Costa e Silva e também no final da rua Ouro Verde e no cruzamento com a avenida Fábio Zaran”.

Quanto à avenida Capibaribe, o secretário de obras informou que está em vias de ser aberta uma licitação pela Central de Compras da prefeitura para a construção de uma nova travessia para o córrego Serradinho, que atravessa a via. O projeto já existe e está orçado em R$ 1,3 milhão, com recursos dos cofres municipais. A reportagem é de Lúcia Morel.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Operação da Polícia Civil já prendeu mais de 30 pessoas em MS
AÇÃO

Operação da Polícia Civil já prendeu mais de 30 pessoas em MS

Agente penitenciário é executado quando ia para o trabalho
NA FRONTEIRA

Agente penitenciário é executado quando ia para o trabalho

Enquanto bairros estão sem iluminação pública, postes de praça ficam acesos 24h
UNS COM TANTOS, OUTROS SEM NADA

Bairro não tem luz, mas postes de praça ficam acesos 24h

ECONOMIA

ANTT atualiza tabela do frete após aumento do preço do diesel

Mais Lidas