Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

REPÚBLICA DO MATO GROSSO DO SUL

Nove pessoas são agora consideradas foragidas, anuncia a Polícia de Campinas

20 MAI 2011Por PORTAL RAC, DE CAMPINAS20h:30

Dezessete hora depois da deflagrada a operação (20h) de combate ao esquema de fraudes e licitações envolvendo a Sansa, nove pessoas continuam foragidas, entre elas integrantes do alto escalão do governo campineiro: vice-prefeito Demétrio Vilagra (PT) e os secretários de Segurança, Carlos Henrique Pinto, e de Comunicação, Francisco de Lagos.

Além deles, são considerasdos foragidos Ivan Goretti de Deus (Promotor de Eventos), Maurício de Paulo Manduca (Lobista), Emerson Geraldo de Oliveira (Lobista), José Carlos Cepera (Empresário - Pluriserv Serviços Técnicos Ltda.) , Gabriel Ibrahim Gutierrez,  (Empresário - Gutierrez Empreendimentos e Participacoes Ltda) e Dalton dos Santos Avancini (Empresário – Consultora Camargo Correia)

'Quem teve a prisão temporária decretada e não se apresentou ou não justificou a ausência é considerada, tecnicamente foragida', disse o juiz Nelson Augusto Bernardes.

Demétrio postou em seu blog (http://demetriovilagra.wordpress.com/) e no Twitter (@demetriovilagra) uma nota oficial onde afirma que está viajando em férias desde a semana passada. Suas últimas postagem foram: 'Também li os noticiários em diversos sites de Internet. Estou surpreso, mas tranquilo. Tenho clareza de minhas ações e de que elas têm lisura. Estou tentando antecipar minha viagem de volta para me apresentar. Agradeço as mensagens de apoio e de confiança de todos'

Cento e vinte policiais foram envolvidos na Operação que começou às 3h de sexta. Os detidos estão sendo encaminhados à Corregedoria. São policiais de São Paulo, Sorocaba e Piracicaba e integrantes da Rota (Ronda Ostensiva Tobias Aguiar). Os mandados estão sendo cumpridos também em Jundiaí, Jaguariúna e Vinhedo.

Leia Também