Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Novatos sofrem de ansiedade antes da estreia na Copa

1 JUN 10 - 06h:17
JOHANESBURGO, África do Sul

Com 14 estreantes em Copa do Mundo entre os 23 convocados, a seleção brasileira vive um clima de tensão e ansiedade a nove dias do início do torneio na África do Sul, com jogadores dando sinais de nervosismo tanto dentro como fora de campo.

Treinos com muitos erros e alguns desentendimentos, entrevistas travadas e até com respostas ríspidas, e a busca por livros e vídeos motivacionais são alguns indícios de que a pressão de estar pela primeira vez em um Mundial atingiu em cheio os jogadores.

“Claro que tem ansiedade, nervosismo... agora é diferente”, disse a jornalistas o volante Ramires, de 23 anos, jogador reconhecidamente extrovertido, mas que se limitou a respostas curtas em sua primeira entrevista coletiva na África do Sul, ontem. “É nervosismo mesmo, tensão, mas espero deixar isso de lado”, acrescentou.

Ainda em Curitiba (PR), onde iniciaram no dia 21 do mês passado a concentração para a Copa do Mundo, os jogadores receberam da comissão técnica um livro de autoajuda do autor Augusto Cury para tentar aliviar a pressão.

Vídeos motivacionais e de vitórias brasileiras em copas passadas também estão sendo exibidos no hotel da equipe como ferramenta para conter a ansiedade da maior parte do grupo no período antes do Mundial. “Cada dia que vai passando a ansiedade vai aumentando, é inevitável isso”, acrescentou o também volante Felipe Melo, de 26 anos, outro novato na equipe.

Dos 23 convocados para a Copa, os mais experientes são o zagueiro Lucio, o volante Gilberto Silva e o meia Kaká, que vão para o terceiro Mundial da carreira. Kléberson, Robinho, Gilberto, Juan, Julio César e Luisão estão em sua segunda Copa, enquanto o restante do grupo é estreante.
A falta de jogos durante a preparação também acaba contribuindo para aumentar o nervosismo dos jogadores, que em 12 dias de concentração tiveram apenas uma tarde de folga e passam a maior parte do tempo confinados no hotel.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Justiça mantém Jamil Name na prisão
MILÍCIA ARMADA

Justiça mantém Jamil Name na prisão

PACOTE

Lei anticrime entra em vigor hoje

Projeto foi sancionado pelo governo em 24 de dezembro de 2019
Novos conhecimentos
TELEVISÃO

Novos conhecimentos

Coluna com dicas e novidades <br>sobre automóveis
CARMAIS

Coluna com dicas e novidades
sobre automóveis

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião