Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Novatos entram na disputa pela Câmara Federal e ameaçam candidatos à reeleição

Novatos entram na disputa pela Câmara Federal e ameaçam candidatos à reeleição
20/08/2009 23:50 -


     

        Karine Cortez

         

Com o apoio de políticos de peso como o governador André Puccinelli (PMDB) e o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), novatos entram na disputa por um cargo na Câmara Federal e ameaçam a reeleição de atuais detentores de mandato. O secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que é primo de Nelsinho, o presidente da seccional de Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil, Fábio Trad, irmão do prefeito, e a ex-vereadora Tereza Name, são os novos nomes. O secretário estadual de Obras, Edson Girotto (PR), que nunca ocupou um cargo eletivo, já anunciou sua pré-candidatura a deputado federal. Nos bastidores também dá-se como certa a candidatura do deputado estadual Reinaldo Azambuja (PSDB) para a Câmara Federal, com apoio da senadora Marisa Serrano.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.