Nova tecnologia de áudio pode aumentar 5x o volume dos aparelhos móveis

Nova tecnologia de áudio pode aumentar 5x o volume dos aparelhos móveis
18/07/2012 03:00 - tecmundo


Se você não gosta da galera que curte um funk dentro dos ônibus e metrôs, saiba que a fábrica de semicondutores NXP tem uma péssima notícia. A companhia trabalha em uma nova tecnologia para o desenvolvimento de miniamplificadores que deve dar uma verdadeira turbinada no volume dos aparelhos móveis.

Segundo apurou o Slash Gear, o novo recurso, chamado de TFA9887, pode aumentar em até cinco vezes o poder de áudio normalmente encontrado em celulares, por exemplo. Ele teria capacidade de reproduzir até 2,6 watts RMS, algo bem superior à média utilizada hoje em dia, cerca de 0,5 watt RMS.

Mas nem tudo se resume à potência. A nova tecnologia também promete melhor qualidade de reprodução e um gerenciamento mais inteligente dos recursos. O novo TFA9887 será capaz de controlar vários fatores que influenciam no desempenho do som dos aparelhos, além de contar também com um monitoramento eficiente do hardware.

Com isso, o novo sistema poderá controlar vários fatores e otimizar o desempenho do conjunto como um todo realizando tarefas diversas, como gerenciar a temperatura do dispositivo de reprodução ou até mesmo controlar a curvatura do cone do alto-falante, reduzindo ou aumentando a incidência dos sons graves e agudos – e as respectivas vibrações causadas por eles.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".