Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

correção de 4,5%

Nova tabela do IPRF está em vigor

6 JAN 14 - 10h:15impostoderenda

Já está em vigor a nova tabela de Imposto de Renda. Essa terá a correção de 4,5%. A dedução, com efeito, será para os salários de 2014, mas terão validade para o imposto de renda do ano de 2015. O fato, no entanto, é que, desde 2007, a tabela vem sendo corrigida em 4,5%. A previsão era que em 2010, o parâmetro de correção seria outro. Seja lá como for, por conta da medida Provisória nº 528, então chancelada em 2011, o governo decidiu manter esse percentual para o ano de 2014. Por isso, para os leitores ficarem por dentro do que está ocorrendo, a questão é que a tabela de declaração será a mesma do ano passado, de modo que todos podem ficar mais tranquilos quanto a isso.

Um ponto interessante, em todo o caso, é que as pessoas que ganham até R$ 1.787,77, por mês serão isentas do pagamento do imposto de renda. Aliás, outra coisa que deve ser estudada é a questão da defasagem que, de acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal, deverá no ano de 2014 ficar em torno de 60%. Pesquisas apontam que os brasileiros precisam ficar atentos a esses números.

Em todo o caso, no que tange a inflação, o detalhe é que deve girar em torno de 5,73%. Enquanto que a correção do imposto de renda será, como bem informamos, de 4,5%. O sindicato, por sua vez, também ressaltou que pessoas de renda baixa, que antes não pagavam o tributo, também passaram a colaborar com o IR.

Seja como for, provavelmente os leitores estão se perguntado o motivo dessa correção de 4,5%. Isso ocorre porque o governo tem essa meta em termos de inflação anual.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PRIVATIZAÇÃO

Meta do governo é fazer de 40 a 44 licitações em 2020, diz ministro

VAZIO DE PODER

Senadora da oposição declara-se presidente da Bolívia

Simone diz que presidente do Senado se comprometeu a pautar 2ª instância após CCJ
RESPOSTA AO SUPREMO

Simone diz que Alcolumbre se comprometeu a pautar 2ª instância após CCJ

Integrante de quadrilha que movimentou milhões em cocaína é condenado
OPERAÇÃO NEVADA

Integrante de quadrilha que movimentou milhões em cocaína é condenado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião