Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Norovírus é um dos principais causadores de infecções em cruzeiros

1 FEV 09 - 11h:30
     

        Da Redação

         

        O norovírus, responsável pelo surto que atingiu mais de 350 turistas que viajavam no navio MSC Sinfonia, no início de janeiro, é um dos principais causadores de infecções em cruzeiros internacionais. Especialistas recomendam higienizar as mãos com frequência para evitar a transmissão por via fecal-oral em viagens de cruzeiros
        No Brasil, essa foi a primeira notificação de surto desse tipo de vírus em navio de cruzeiro, segundo a Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde.

        "É um surto clássico. A transmissão ocorre por meio de objetos, como maçanetas, corrimãos e bancos", afirma Gustavo Johanson, infectologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Segundo ele, por ser um problema conhecido da tripulação, há um cuidado com a limpeza desses objetos. "Mas a transmissão é muito fácil."

         

        A diarreia aguda é o sintoma mais comum e, na maioria dos casos, cessa espontaneamente. É preciso, no entanto, ingerir bastante líquido para afastar o risco de desidratação. Alimentos crus manipulados por mãos infectadas também transmitem o vírus, mas, segundo Johanson, não é preciso se abdicar de saladas e frutas porque não se trata da principal forma de contaminação.

         

        Com informações da Folha Online

         

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TABUS

'Na cabeça dos caras, ser machista é passar a mão na bunda', diz Fabio Porchat

INTERNACIONAL

Alpinista britânico morre ao escalar o Monte Everest

Autoridades atribuíram a maior parte das mortes a fatores como fraqueza
ECONOMIA

Petróleo e dólar aliviam pressão sobre contas públicas

Royalties sustentaram crescimento da arrecadação em abril
SAÚDE

Universidade cria técnica que identifica uso de agrotóxicos em frutas

Técnica poderá ser usada para checar produtos enviados ao exterior

Mais Lidas