Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NÃO SABIA

'No Lula não pega', disse Jefferson sobre mensalão

'No Lula não pega', disse Jefferson sobre mensalão
14/08/2012 08:33 - Terra


Roberto Jefferson acompanhava o julgamento do mensalão em seu apartamento, na Barra da Tijuca, no Rio, e quando seu advogado no caso, Luiz Francisco Barbosa, disse que o ex-presidente Lula deveria estar entre os réus, ele disparou: "Se fosse o Collor, estaria preso, mas no Lula não pega", comentou um abatido". Jefferson mantém o discurso de que, em sua opinião, o petista não tinha conhecimento do mensalão; disse que sentiu "surpresa'' de Lula quando o alertou sobre o mensalão.

O pedetista se recupera de uma cirurgia realizada há 15 dias para a retirada de um câncer no pâncreas. Segundo ele, a acusação de que o ex-presidente beneficiou os bancos BMG e Rural representa a posição de seu advogado, fruto de desdobramentos das investigações. Jefferson se emocionou e chorou quando a defesa de Emerson Palmieiri, ex-tesoureiro do PTB, disse que o presidente da legenda preservou os nomes de quem recebeu R$ 4 milhões do PT. "Ia envolver pessoas, revelar nomes?", questionou. Ao final, pareceu satisfeito com a atuação de seu advogado, que destoa do estilo "almofadinha" dos demais defensores. "É muito maluco, muito corajoso".

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...