Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

No Engenhão, confronto que vale título e rebaixamento

5 DEZ 09 - 13h:44
     

        Da redação

        Nos últimos quatro anos, Muricy Ramalho chegou à rodada decisiva do Campeonato Brasileiro já campeão ou com chances de título. Só não saiu vitorioso em 2005, quando seu Internacional perdeu o primeiro lugar para o Corinthians. Tricampeão com o São Paulo, o técnico tenta neste domingo a glória com o Palmeiras. A partir das 16 horas, contra o Botafogo, no Engenhão, precisa vencer e torcer por tropeços de Flamengo e Internacional. Os cariocas têm de ganhar para seguir na Série A.
        Ao mesmo tempo que luta pelo título, o Palmeiras ainda briga por vaga na Copa Libertadores. Se não conseguir um ponto no Rio, pode ser ultrapassado pelo Cruzeiro e entrar em crise. O ambiente no clube já não anda bem. Nos últimos dias, Vágner Love brigou com três torcedores da Mancha Alviverde e o ônibus da delegação sofreu uma emboscada na estrada, antes do jogo contra o Atlético Mineiro, na rodada passada.
        A pressão é forte. Nem Muricy deve sair ileso caso a classificação não chegue neste domingo. "O importante é chegar ao último jogo brigando pelo título. Se fosse em outro país, a campanha seria excelente", comparou o técnico. "Ninguém aqui analisa o trabalho, apenas o resultado".
        O Palmeiras ficou 19 rodadas na liderança e caiu de produção na reta final. Com a difícil briga pelo topo, garantir vaga na Libertadores tornou-se obrigação. "Se não conseguirmos, vai ser um ano jogado no lixo", disse Edmílson.
        O Botafogo é um adversário indigesto para o Palmeiras. Na última rodada do Brasileiro do ano passado, foi ao Palestra Itália, venceu por 1 a 0 e quase tirou os paulistas da Libertadores - só não ficaram de fora porque o Flamengo, que poderia passá-lo, também perdeu.
        Ao contrário de 2008, quando não disputava mais nada, agora o Botafogo joga pela sobrevivência. Quer fazer neste domingo o mesmo que há duas rodadas, quando venceu o líder São Paulo. Com dois times em busca do resultado positivo, o confronto promete emoção. Em jogo, título e rebaixamento. (informações do Estadão)
        

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

POLÊMICA

'Adoção na Passarela' remete às feiras de escravos, dizem juízes

Calazans faz primeiro treino no São Paulo e Arboleda trabalha com o elenco
REFORÇO

Calazans faz primeiro treino no São Paulo

HABEAS CORPUS

STM solta nove envolvidos em caso de músico morto no Rio de Janeiro

OTIMISTA

Guedes diz que reforma da Previdência deve ser aprovada em até 90 dias

Mais Lidas